Chamas

O Problema

Por meio de análise das pesquisas do ISB – Instituto Sprinkler Brasil, foi possível observar um expressivo aumento no número de incêndios em vários locais públicos e privados. Em 2015, foram contabilizadas 1349 ocorrências de incêndio, uma média de 112 por mês. Podemos citar aqui dois exemplos recentes: a morte de 242 de pessoas e 680 feridos em uma boate no centro de Santa Maria – RS em 27 de janeiro de 2013; e a destruição, quase que total, do Museu da Língua Portuguesa em São Paulo.

A Solução

Baseado neste contexto surge a ideia de desenvolver um mecanismo que auxilie na prevenção, e na rápida atuação, contra incêndios. Um sistema que seja de fácil implementação, utilização e baixo custo. O que se pretende é apresentar um facilitador. Um dispositivo para ser utilizado à distância, que permita o monitoramento do local (CHAMAR alguém) por qualquer pessoas com acesso a internet; e a rápida atuação por várias pessoas ao mesmo tempo; ou, até mesmo, que o mecanismo aja por conta própria.

O Mercado

Prevenção à incêndio é destaque em evento sobre segurança e proteção. De acordo com a REVISTA COBERTURA MERCADO DE SEGUROS (07/10/2016), o Brasil tem 5% de participação em mercado global que apresenta faturamento de US$29 bilhões. De olho em um mercado de quase R$ 5 bilhões, 700 expositores de empresas europeias, asiáticas e norte-americanas apresentaram na Fisp–Feira Internacional de Segurança e Proteção, suas novas tecnologias e produtos de prevenção de acidentes. Fonte: www. fispvirtual. com. br

O Concorrentes

Não detectados até o presente momento.

O Modelo de Receita

Deverá vir do orçamento público; de doações de ONG´s (preocupadas com a prevenção de acidentes e o meio ambiente) ou Empresas privadas (preocupadas com responsabilidade social e a imagem de sua marca). – Entidades governamentais (FAPESP / IPT – Leis de incentivo a inovação – LEI COMPLEMENTAR Nº 1049, DE 19 DE JUNHO DE 2008) e outras.

Canvas do Projeto